domingo, março 04, 2007

ele se virou e me disse _ a lua está tão linda,deve ser pelo eclipse tragou o cigarro soltou a fumaça tirou o cabelo dos olhos cruzou as pernas levantou a barra da calça desculpou-se por ser tudo tão óbvio eu lhe disse que a culpa não era nossa ele discordou se levantou aumentou o som resmungou que a próxima música é linda e eu tirei o meu vestido me enconstei no vaso de flores brancas artificiais escutei a porta se abrir e algazarra de umas cinco pessoas suspirei de cansaço fechei os olhos eles atiraram uma almofada no pássaro ele caiu assustado,quebraram uma de suas asas ele estava desesperado gritando com voz de pássaro eu não me mexi eles não se incomodaram tentaram me acordar eu me mantive calada eles desistiram acenderam uma droga elogiaram a droga eu suspirei de cansaço eu gostaria de dormir alguém quebrou uma garrafa alguém rasgou uma página senti o coração torcer,era uma página de biblia,sorri aliviada. um sorriso calado,escondido. acordei o sol despertava aguardei enquanto ele despreguiçava,ele sorriu um sorriso raiando em meus olhos eu disse tudo bem está tudo bem,ela me contou que estão todos carecas eu contei que estaria também careca ela não acreditou me jurou um tanto de amor eu fiquei sorridente meu coração sempre pulsa eu sorri para o trocador ele devolveu o meu troco ele sorriu um sorriso distante,repetitivo. eu não liguei,procurei um banco vazio tinha uma dona gorda na janela de olhos tristes e batom vermelho de sandálias pretas e pés cansados de bolsa velha de roupa usada,suada,surrada. encontrei uma foto antiga num porta-retrato sem graça de uma época passada. devolvi em seu lugar na cômoda descascada, andei uns passos peguei um livro 'lugar comum' gostei do título me joguei na cama de lençois floridos esquecidos mofados,não me importou. abri uma página qualquer e li em voz alta tirando os sapatos :
Tanto a dizer
ou nada
melhor calar
tanto a ouvir.

Por mais que veja
ao deitar
da luz
não sinto mais.

Quantas línguas
percorridas
por nada...

2 comentários:

jd_5231 disse...

Very good article,I prepared a very good gift for you, please visit my blog, The best browser fo you in History

Ramon de Alencar disse...

...
-E tudo e nada se tece e se entorpece na prece que quase não cresce: Cade o céu que não desce?